Educação ambiental como perspectiva de redução do descarte de resíduos sólidos e rejeitos nos ambientes costeiros

Francine de Oliveira MACIEL, Priscilla da Silva KISCPORSKI, Erli Schneider COSTA

Resumo


O descarte inadequado de resíduos sólidos e rejeitos é um dos principais problemas que atinge os ambientes costeiro e marinho. Materiais sintéticos de difícil decomposição como os derivados do petróleo podem prejudicar organismos marinhos e influenciar na presença de turistas no litoral. Este trabalho teve com objetivo, por meio de ações de educação ambiental, sensibilizar os veranistas na praia de Torres (RS) sobre as consequências do descarte indevido de resíduos sólidos no ambiente marinho e costeiro. Os resultados sugerem que grande parte da população litorânea (residentes e/ou turistas) desconhece o impacto ambiental gerado nos ecossistemas marinhos pelo excesso de resíduos sólidos e rejeitos antrópicos.


Palavras-chave


educação ambiental, descarte indevido, resíduos sólidos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21674/2448-0479.34.788-797

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.