Consumo e pós-consumo de equipamentos digitais por escolares na Região Celeiro

Palavras-chave: Comportamento social, Resíduos eletrônicos, Logística reversa, Educação ambiental

Resumo

A problemática da geração de resíduos eletroeletrônicos (REE) pela população está cada vez mais presente. As tecnologias tornam-se obsoletas em questão de tempo e viram lixo, poluindo o ambiente e causando danos à saúde. Desta forma é de caráter irrefutável que a comunidade escolar tenha conhecimento sobre a problemática da geração de REE e as soluções acerca deste tema. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o consumo e pós-consumo de equipamentos digitais por escolares do nono ano em um Município da Região Celeiro do Estado do Rio Grande do Sul. A metodologia utilizada consistiu na aplicação de um questionário em três escolas da rede municipal de ensino, sendo uma rural e duas urbanas. O questionário possuía 10 questões, de múltiplas escolhas, que foi aplicado, após a aprovação junto ao comitê de ética, para 60 estudantes no segundo semestre de 2016. Como resultados, foi possível observar que o grau de interesse dos estudantes por assuntos relacionados ao meio ambiente é razoável. A vida útil dos eletrônicos, como o celular, é curta sendo que mais de 50% dos entrevistados o utiliza somente por dois a cinco anos. E ao final da vida útil dos celulares mais de 50% prefere guardar, ao invés de realizar práticas de reciclagem. Observa-se ainda que mais de 60% dos estudantes desconhecem as políticas de logística reversa. Portanto, os resultados expressam claramente que os jovens têm consciência dos problemas ambientais, porém com pouco interesse. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Divanilde Guerra, Universidade Estadual do Rio Grande do SUL (UERGS)

Possui graduação em Agronomia (2005), Mestrado em Fitotecnia na área de concentração Plantas de lavoura (2008), Doutorado em Fitotecnia, com Ênfase em Melhoramento e Biotecnologia Vegetal (2011) e Pós-Doutorado Junior (PDJ/CNPq) (2012/2013) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Atualmente é professora Adjunta na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs). Atua principalmente nos seguintes temas: Melhoramento genético vegetal por técnicas tradicionais e marcadores moleculares em cereais e fruticultura. Agroecologia e manejo e produção agroecológica de espécies frutíferas e olerículas. (Texto informado pelo autor)

Referências

ABINEE. CADE aprova criação de gestora de logística reversa para eletroeletrônicos. Disponível em <http://www.abinee.org.br/notícias/com14.htm>. Acesso em: 14 jun. 2019.

BRASIL. Lei n. 9795 - 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental. Política Nacional de Educação Ambiental. Brasília, 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9795.htm. Acesso em 08 mar. 2019.

BRASIL. Lei nº 12.305 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Brasília, 2010. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ http://www.normaslegais.com.br/legislacao/lei-12305-2010.htm. Acesso em 08 mar. 2019.

BONETE, J.C.; VIECHNEISKI, G.R.; DOMICIANO, A.K.; ANDRÉ, S.C.S.; VEIGA, T.B. Hábitos de descarte de resíduos eletroeletrônicos entre acadêmicos de uma instituição de ensino. In: 2º Congresso Sul-Americano de Resíduos Sólidos e Sustentabilidade - Foz do Iguaçu, p. 1-6, 2019.

CORTEZ, A.T.C.; ORTIGOZA, S.A.G. Da produção ao consumo: impactos socioambientais no espaço urbano. Editora UNESP: São Paulo: Cultura Acadêmica, 146 p, 2009.

DUTRA, M.R.O. Professor e educação ambiental: uma relação produtiva. 2005. 136p. Dissertação (Faculdade de educação, Programa de Pós-Graduação em Educação), Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2005.

FRANCO, R.G.F.; LANGE, L.C. Estimativa do fluxo dos resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos no município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Revista de Engenharia Sanitária e Ambiental, v.16, n.1, p.73-82, 2011.

GARRIDO, L.S.; MEIRELLES, R.M.S. Percepção sobre meio ambiente por alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental: considerações à luz de Marx e de Paulo Freire. Revista Ciência e Educação, v.20, n.3, p.671-685, 2014.

GIARETTA, J.B.Z.; TANIGUSHI, D.G.; SERGENT, M.T; VASCONCELLOS, M.P.; GÜNTHER, W.M.R. Hábitos Relacionados ao Descarte Pós-Consumo de Aparelhos e Baterias e Telefones Celulares em uma Comunidade Acadêmica. Revista Saúde e Sociedade, v.19, n.3, p.674-684, 2010.

GOMES, F.A.M. Descarte racional de componentes eletrônicos com geração de insumos, subprodutos e produtos: manual de referência técnica. 2015. 68p. Dissertação (Mestrado em inovação Tecnológica), Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2015.

GOUW, A.M.S. As opiniões, interesses e atitudes dos jovens brasileiros frente a ciências: uma avaliação em âmbito nacional. 2013. 242p. Tese (Programa de Pós-Graduação em Educação), Universidade Federal São Paulo, São Paulo, 2013.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal 2017. 12 p., 2018. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101631_informativo.pdf. Acesso em: 06 jan. 2020.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M.E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. Editora Pedagógica e Universitária Ltda, São Paulo, 2003.

MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens técnicas de pesquisas, elaboração, analise e interpretação de dados. Editora Atlas, 8ª Edição, São Paulo, 1982.

MONTEIRO, S.C.F., TEIXEIRA, T.C.C.C. Imagens e práticas pedagógicas no cotidiano das escolas: o celular nas classes de alfabetização. Instituto Teias – Educação, Rio de Janeiro, 2007.

NASCIMENTO, F.B.; DA SILVA, Y.B.R.; LIMA, L.S.S.; DOS SANTOS, M.F.S. Logística reversa dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos de pós-consumo na cidade de Teresina. Revista Sistemas & Gestão, v.13, n.4, p. 519-531, 2018.

NOGUEIRA, P.S. Logística Reversa: A gestão do lixo eletrônico em São Jose dos Campos. 2011. 55p. Monografia de Especialização. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Curitiba 2011.

OLIVEIRA, S.S.V. Sustentabilidade na Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO: Um Estudo de Caso Sobre o Projeto “Gerenciamento do Lixo Eletrônico: Uma Solução Tecnológica e Social para um Problema Ambiental”. 2014. 86p. Dissertação, Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO, 2014.

ROSA, A.L.M.; ARRUDA, E.C; MILANI, R.G. O Comportamento de consumo e uso das tecnologias digitais por jovens. Editora CESUMAR, Maringá, Paraná, 2013.

ROSSI, C.; RECIO, M.A.L.; MADRUGA, K.C.R.; BILÉSIMO, T.L. Educação ambiental, sustentabilidade e saneamento básico: trabalhos junto às escolas. Revista Técnico Científica DO IFSC, v. 3, n. 1, P.741, 2012.

SANTOS, L.G. Politizar as novas tecnologias - O impacto sócio-técnico da informação digital e genética. Editora 34, São Paulo, 2003.

SILVA FILHO da, S.T.; PERETTI, L.C. Logística Reversa de Equipamentos Eletrônicos: Um estudo na Cidade de São Paulo. In: X Workshop de Pós-graduação e Pesquisa do Centro Paula Souza - São Paulo, p.853-860, 2015.

TIC EDUCAÇÂO. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras: TIC educação 2018 = Survey on the use of information and communication technologies in brazilian schools : ICT in education 2018 / Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. São Paulo: Comitê Gestor da internet no Brasil, 2019. Disponível em: https://www.cetic.br/media/docs/publicacoes/216410120191105/tic_edu_2018_livro_eletronico.pdf. Acesso em: 06 jan. 2020.

Publicado
2020-11-10
Como Citar
Arndt, R., Guerra, D., Vasquez Hengles, A. C., Bisognin, R. P., Silva, D. M. da, & Bohrer, R. E. G. (2020). Consumo e pós-consumo de equipamentos digitais por escolares na Região Celeiro . Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 6(3), 249-258. https://doi.org/10.21674/2448-0479.63.249-258
Seção
ARTIGOS INÉDITOS

Most read articles by the same author(s)