A história que se repete

um ensaio

  • Werner Paul Ott Membro Honorário da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina
  • Paulo Henrique Ott Universidade Estadual do Rio Grande do SUL (UERGS)
Palavras-chave: Tuberculose; Hanseníase; coronavírus

Resumo

Desde a antiguidade, são conhecidos dois micróbios que são primos-irmãos. Um é o Mycobacterium tuberculosis, o outro o Mycobacterium leprae. Ambos são bacilos transmitidos por via aérea pela tosse, espirros, mas geralmente caem logo no  chão. Assim, as gotículas não permanecem muito tempo no ar, mas ambos podem provocar doença crônica no homem, cujo nome o próprio sobrenome, ou epíteto específico, indica. No primeiro, a doença é "para dentro", nos pulmões, no segundo é "para fora", na pele. O primeiro tem mais ‘glamour’ sendo, inclusive, motivo para poemas, e ensaios de cunho romântico dos mais variados, escritos por portadores desta doença. Exemplos na literatura brasileira são:  Nelson Rodrigues, Casimiro de Abreu, Castro Alves, Cruz e Souza e Manuel Bandeira. Este último compôs o poema[1] abaixo de um lirismo realista e amargo... ensaio na íntegra em

http://revista.uergs.edu.br/index.php/revuergs/article/view/2943/502

[1] Poema publicado em 1930, no livro Libertinagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-11
Como Citar
Ott, W. P., & Ott , P. H. (2020). A história que se repete. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 6(3), 164-166. https://doi.org/10.21674/2448-0479.63.164-166