Número cromossômico, comportamento meiótico e viabilidade de grãos de pólen em populações de Vasconcellea quercifolia A. St. Hill. (CARICACEAE) nativas do Vale do Taquari/RS

  • Matheus Fleck Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Unidade em Encantado
  • Elaine Biondo Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Unidade em Encantado
  • Voltaire Sant'Anna Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Unidade em Encantado
  • Eliane Kolchinski Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Unidade em Encantado
  • Karine Cristina Krycky Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Paloma Cemin Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Unidade em Encantado
  • Isabel Cristina Zambiasi Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Unidade em Encantado
Palavras-chave: Meiose, Agrobiodiversidade, PANC, Cromossomos

Resumo

O mamãozinho-do-mato (Vasconcellea quercifolia A. St. Hill. – Caricaceae) é uma espécie nativa, de importância ecológica nos ambientes naturais em que ocorre, além de ser utilizada na alimentação humana e na indústria de alimentos. É uma planta alimentícia não convencional, considerada uma Planta Para o Futuro da Região Sul, e elemento da agrobiodiversidade regional. Informações biológicas das populações ocorrentes no Vale do Taquari são escassas em literatura. A presente pesquisa objetivou analisar o número de cromossomos, o comportamento meiótico e a viabilidade dos grãos de pólen de indivíduos em diferentes populações de mamãozinho-do-mato no Vale no Taquari. Foram realizada excursões de coletas nos locais de ocorrência natural, em quinze diferentes municípios, tendo sido organizadas esxicatas dos indivíduos analisados os quais foram inseridos no Herbário UENC. Sementes, sem mucilagem, foram postas a germinar em temperatura de 27°C, em germinador com fotoperíodo controlado. As radículas foram pré tratadas em paradiclorobenzeno por 12 horas e, após, fixadas em Fixador Carnoy por 24 horas e transferidas para álcool 70%. Os botões florais foram fixados em Carnoy por 24 horas, após transferidos para álcool 70% e mantidos em geladeira até a análise. Foram observados 2n = 18 cromossomos, pequenos, com cerca de 2 µm e a maioria metacêntrico. O comportamento dos cromossomos homólogos em meiose I e II foi normal, sem observação de irregularidades, com alto índice meiótico, bem como alta viabilidade dos grãos de pólen, mostrando formação normal de gametas masculinos.

Publicado
2015-01-31
Como Citar
Fleck, M., Biondo, E., Sant’Anna, V., Kolchinski, E., Krycky, K. C., Cemin, P., & Zambiasi, I. C. (2015). Número cromossômico, comportamento meiótico e viabilidade de grãos de pólen em populações de Vasconcellea quercifolia A. St. Hill. (CARICACEAE) nativas do Vale do Taquari/RS. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 1(1), 19-24. https://doi.org/10.21674/2448-0479.11.19-24
Seção
Artigos