Água e política: atores, instituições e poder nos organismos colegiados de Bacia Hidrográfica no Brasil.

  • Hildelano Delanusse THEODORO Grupo de Pesquisa em Governança de Águas/ Universidade Estadual do Norte Fluminense
Palavras-chave: políticas públicas, gestão de recursos hídricos, gestão participativa, gestão ambiental

Resumo

A resenha trata sobre as principais discussões existentes no livro organizado por Rebecca Neaera Abers, professora do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, e que tratam sobre a gestão de recursos hídricos no Brasil a partir de um estudo de 14 comitês e 04 consórcios responsável por diversas bacias hidrográficas no território nacional, através do “Projeto Marca d´Água”. Suas questões se referem a salientar quais os obstáculos e potencialidades existentes ao desenvolvimento de processos institucionais e sociais colaborativos entre stakeholders com interesses e realidades tão diferentes. Com a análise dos dados obtidos, o livro se torna referência para o entendimento do perfil dos organismos colegiados de bacia hidrográfica existentes no país atualmente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hildelano Delanusse THEODORO, Grupo de Pesquisa em Governança de Águas/ Universidade Estadual do Norte Fluminense

Dr. Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos - UFMG

Mestre em Extensão Rural - UFV

Administração -UNIP

Ciências Sociais - UFMG

Referências

ABERS, R.N. (Org.). Água e política: atores, instituições e poder nos Organismos Colegiados de Bacia Hidrográfica no Brasil. São Paulo: Annablume, 2010.

Publicado
2019-04-16
Como Citar
THEODORO, H. D. (2019). Água e política: atores, instituições e poder nos organismos colegiados de Bacia Hidrográfica no Brasil. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 5(1), 79-82. https://doi.org/10.21674/2448-0479.51.79-82
Seção
NOTAS TÉCNICAS