Água e política: atores, instituições e poder nos organismos colegiados de Bacia Hidrográfica no Brasil.

  • Hildelano Delanusse THEODORO Grupo de Pesquisa em Governança de Águas/ Universidade Estadual do Norte Fluminense
Palavras-chave: políticas públicas, gestão de recursos hídricos, gestão participativa, gestão ambiental

Resumo

A resenha trata sobre as principais discussões existentes no livro organizado por Rebecca Neaera Abers, professora do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, e que tratam sobre a gestão de recursos hídricos no Brasil a partir de um estudo de 14 comitês e 04 consórcios responsável por diversas bacias hidrográficas no território nacional, através do “Projeto Marca d´Água”. Suas questões se referem a salientar quais os obstáculos e potencialidades existentes ao desenvolvimento de processos institucionais e sociais colaborativos entre stakeholders com interesses e realidades tão diferentes. Com a análise dos dados obtidos, o livro se torna referência para o entendimento do perfil dos organismos colegiados de bacia hidrográfica existentes no país atualmente.

 

Biografia do Autor

Hildelano Delanusse THEODORO, Grupo de Pesquisa em Governança de Águas/ Universidade Estadual do Norte Fluminense

Dr. Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos - UFMG

Mestre em Extensão Rural - UFV

Administração -UNIP

Ciências Sociais - UFMG

Referências

ABERS, R.N. (Org.). Água e política: atores, instituições e poder nos Organismos Colegiados de Bacia Hidrográfica no Brasil. São Paulo: Annablume, 2010.

Publicado
2019-04-16
Como Citar
THEODORO, H. D. (2019). Água e política: atores, instituições e poder nos organismos colegiados de Bacia Hidrográfica no Brasil. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 5(1), 79-82. https://doi.org/10.21674/2448-0479.51.79-82
Seção
NOTAS TÉCNICAS