Consumo infantil: o processo de decisão de compra dos pais

  • Bruna ZATTI Universidade de Caxias do Sul
  • Daniel Hank MIRI Universidade de Caxias do Sul
  • Cassiane CHAIS Universidade de Caxias do Sul
  • Juliana MATTE Universidade de Caxias do Sul
  • Paula Patrícia GANZER Universidade de Caxias do Sul
  • Pelayo Munhoz OLEA Universidade de Caxias do Sul
Palavras-chave: comportamento, consumidor infantil, consumo das crianças, processo decisório de compra

Resumo

Devido às mudanças ocorridas na configuração das famílias, tais como aumento das separações dos pais, ambos trabalharem fora, e resultando em novos comportamentos de consumo, a criança passou a influenciar o ato de compra. Dessa forma, as crianças ganharam participação no planejamento familiar, com opiniões à respeito das escolhas dos pais. A partir dessa nova configuração das famílias e essa influência causada pela ação das crianças no ato de compra dos pais essa pesquisa teve como objetivo investigar a influência do consumo infantil no processo de decisão de compra dos pais do município de Caxias do Sul - RS. A metodologia da pesquisa envolve a abordagem quantitativa com técnica descritiva e análise estatística dos dados. Por meio desta pesquisa, foi aplicado um questionário a uma amostra de 150 pais de crianças entre seis e doze anos ao saírem das compras em supermercados na cidade de Caxias do Sul - RS. A análise dos resultados demonstrou que o consumidor infantil exerce moderada influência no processo de decisão dos pais nos supermercados e que a opinião das crianças é frequentemente aceita na hora da compra por vontade dos pais.

Biografia do Autor

Bruna ZATTI, Universidade de Caxias do Sul
Graduada em Administração pela Universidade de Caxias do Sul
Daniel Hank MIRI, Universidade de Caxias do Sul
Possui graduação em Administração pela Universidade de Caxias do Sul (2017) e formação no curso superior de curta duração em Gestão de Pessoas pela Universidade de Caxias do Sul (2010). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Setores Específicos como produção, materiais e principalmente recursos humanos. Atuou em empresas dos segmentos moveleiro, metalúrgico e postos de serviços. Atualmente é bolsista PROSUC/CAPES no curso de Mestrado em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Caxias do Sul, na linha de Inovação e Competitividade
Cassiane CHAIS, Universidade de Caxias do Sul
Doutoranda em Administração na Universidade de Caxias do Sul com Bolsa PROSUC/CAPES. Doutorado com período sanduíche no Tecnológico de Monterrey em Monterrey no México, como bolsista PDSE/CAPES. Mestre em Administração pela Universidade de Caxias do Sul com Bolsa TAXA/CAPES, linha de pesquisa: Inovação e competitividade. Especialista em Gestão Secretarial pela Universidade de Passo Fundo. Possui graduação em Secretariado Executivo pela Universidade de Passo Fundo, com bolsa PROUNI. Pre Intermediate English pela Malvern House-Londres-Inglaterra. Atua como Pesquisadora no Grupo de Pesquisa NIES - Núcleo de Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Caxias do Sul. Atua como avaliadora de artigos científicos em periódicos nacionais e eventos nacionais e internacionais.
Juliana MATTE, Universidade de Caxias do Sul
Doutoranda em Administração no Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA da Universidade de Caxias do Sul - UCS com bolsa FAPERGS/CAPES. Mestre em Administração no Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA da Universidade de Caxias do Sul - UCS. MBA em Gestão Comercial pela Fundação Getúlio Vargas - FGV. Graduada em Administração com ênfase em Marketing pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Integrante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade - NIES. Tem experiência na gestão estratégica no varejo. Tem experiência no setor bancário. Tem interesse na docência para os cursos de Administração e Marketing.
Paula Patrícia GANZER, Universidade de Caxias do Sul

Cursando Pós-Doutorado em Administração no Programa de Pós-Graduação em Administração na Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil. Doutorado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil e pela Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil. Mestrado em Administração pela Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil. Graduação em Administração pelo Centro de Ensino Superior Cenecista de Farroupilha, CESF, Brasil. Atuou como Bolsista de Iniciação Científica Voluntária junto ao Programa de Pós-Graduação em Administração, PPGA/UCS, no Projeto de Pesquisa Caracterização e Análise das Inovações no Setor da Saúde de Caxias do Sul. Atuou como professora convidada no MBA em Inteligência de Mercado na FSG Centro Universitário da Serra Gaúcha. Autora de artigos publicados em revistas nacionais e internacionais, capítulos de livros, artigos publicados em eventos científicos, no Brasil e no exterior nas áreas de Inovação e Empreendedorismo. Coordenadora dos Cursos de Graduação em Administração, tecnologia em Processos Gerenciais e Tecnologia em Recursos Humanos na Faculdade CNEC Farroupilha.

Pelayo Munhoz OLEA, Universidade de Caxias do Sul
Bolsista de Produtividade em Pesquisa CNPq. Pós-Doutorado em Gestão Ambiental pela Universidad de Extremadura, UEX, Espanha, Bolsista do Programa de Intercâmbio de Formação de Investigadores entre a União Européia e a América Latina, Programa ALFA2 (América Latina Formación Académica) da Rede Jean Mermoz/ESPAÑA. Doutorado em Administração e Direção de Empresas pela Universitat Politècnica de Catalunya, ETSEIB/UPC, Espanha, Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES/BRASIL. Mestrado em Engenharia de Fabricação de Papel pela Universitat Politècnica de Catalunya, ETSEIAT/UPC, Espanha, Bolsista do Instituto de Cooperación Iberoamericana, ICI/AECI/ESPAÑA. Graduação em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS e Graduação em Engenharia Mecânica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS. Atualmente é Professor da Universidade de Caxias do Sul, UCS.

Referências

ANGELO, J. de S. D. Pequenos compradores: o consumismo e a brincadeira na educação infantil. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Programa de Pós-Graduacão em Educação, São Paulo, 2013.

BALESTRA, M. M. M. A psicopedagogia em Piaget: uma ponte para a educação da liberdade. Curitiba: Intersaberes, 2012.

BARBETTA, P. A. Estatística aplicada às Ciências Sociais. 5. ed. Florianópolis: UFSC, 2002.

BAUMAN, Z. Vida para consumo: a transformação das pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BERTOL, K. E. et al. Young children’s influence on family consumer behavior. Qualitative Market Research: An International Journal, v. 20, n. 4, p. 452-468, 2017.

BÜTTNER, O. B.; FLORACK, A.; SERFAS, B. G. A dual-step and dual-process model of advertising effects: Implications for reducing the negative impact of advertising on children's consumption behaviour. Journal of Consumer Policy, v. 37, n. 2, p. 161-182, 2014.

CALDERON, J. et al. What happens when parents and children go grocery shopping? An observational study of Latino dyads in Southern California, USA. Health Education & Behavior, v. 44, n. 1, p. 5-12, 2017.

CHURCHILL JR, G. A.; PETER, J.P. Marketing: criando valor para os clientes. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2012.

FERRUZZI, G. A. As representações sociais sobre o consumo infantil de mães e crianças de Alvares Machado e suas relações com a propaganda televisiva. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Programa de Pós-Graduacão em Educação, Presidente Prudente, 2017.

FLICK, U. Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. Porto Alegre: Penso, 2012.

GIGLIO, E. M. O comportamento do consumidor. 3. ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GRAM, M. Buying food for the family: Negotiations in parent/child supermarket shopping: An observational study from Denmark and the United States. Journal of contemporary ethnography, v. 44, n. 2, p. 169-195, 2015.

GREWAL, D.; LEVY, M. Marketing. Série A. 2. ed. Porto Alegre: AMGH, 2012.

GUNTER, B.; FURMHAM, A. As crianças como consumidoras: uma análise psicológica do mercado juvenil. Rio de Janeiro: Instituto Piaget, 2001.

HAIR JR., J. F. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.

KARSAKLIAN, E. Comportamento do consumidor. 2. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2012.

LARSSON, B.; ANDERSSON, M.; OSBECK, C. Bringing environmentalism home: Children’s influence on family consumption in the Nordic countries and beyond. Childhood, v. 17, n. 1, p. 129-147, 2010.

LIMEIRA, T. M. V. Comportamento do consumidor brasileiro. São Paulo: Saraiva, 2008. Disponível em: <https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788502088641/>. Acesso em: 15 mai. 2017.

MICHEL, M. H. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais: um guia prático para acompanhamento da disciplina e elaboração de trabalhos monográficos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

MOMO, M.; MARTÍNEZ, A. M. O trabalho pedagógico criativo na Educação Infantil diante da cultura da mídia e do consumo. Educação em Revista, v. 33, 2017.

OLIVEIRA, M. M. de. Mamãe eu quero! Privações de consumo infantil na pobreza relativa. 2016. 148 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal da Paraiba, Programa de Pós-Graduacão em Administração, João Pessoa, 2016.

PADHI, P. Decision making process for durable products: A case study of two-wheelers in Ganjam. International Journal of Research in Finance and Marketing, v. 7, n. 5, p. 63-70, 2017.

PAGE, B. et al. Parents and children in supermarkets: Incidence and influence. Journal of Retailing and Consumer Services, v. 40, p. 31-39, 2018.

PETER, J. P.; OLSON, J. C. Comportamento do consumidor e estratégia de marketing. 8. ed. Porto Alegre: AMGH, 2010.

ROSA, L. L. da. A influência do público infantil no comportamento de compra de seus pais. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis SC, 2007. Disponível em: <https://tcc.bu.ufsc.br/Adm292087.PDF>. Acesso em: 12 nov. 2016.

SHARMA, A.; SONWANEY, V. Theoretical modeling of influence of children on family purchase decision making. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 133, p. 38-46, 2014.

SHONKOFF, E. T. et al. Child and parent perspectives on healthier side dishes and beverages in restaurant kids’ meals: results from a national survey in the United States. BMC public health, v. 18, n. 1, p. 56, 2018.

SILVA, A. M. D.; VASCONCELLOS, L. R. A criança e o marketing: informações fundamentais para proteger as crianças dos apelos do marketing infantil. São Paulo: Summus Editorial, 2012.

SOLOMON, M. R. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 11. ed. São Paulo: Bookman, 2016.

THOMAS, A.; GARLAND, R. Supermarket shopping lists: their effect on consumer expenditure. International Journal of Retail & Distribution Management, v. 21, n. 2, 1993.

VANWESENBEECK, I.; WALRAVE, M.; PONNET, K. Children and advergames: the role of product involvement, prior brand attitude, persuasion knowledge and game attitude in purchase intentions and changing attitudes. International Journal of Advertising, v. 36, n. 4, p. 520-541, 2017.

Publicado
2018-12-30
Como Citar
ZATTI, B., MIRI, D. H., CHAIS, C., MATTE, J., GANZER, P. P., & OLEA, P. M. (2018). Consumo infantil: o processo de decisão de compra dos pais. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 4(5), 685-704. https://doi.org/10.21674/2448-0479.45.685-704