Perfil do consumidor de vinhos em Lages – Santa Catarina

Palavras-chave: Vinho tinto, Indicação geográfica, Estudo de mercado, Marketing do vinho

Resumo

É importante identificar e definir os perfis de compradores para, depois, estabelecer estratégias de oferta compatíveis com esses diferentes perfis. Neste contexto, a segmentação do mercado é uma das principais aplicações. Tem-se como objetivo deste trabalho realizar uma análise sobre o perfil dos consumidores de vinhos e espumantes, em Lages, Santa Catarina. O presente trabalho apresenta um caráter exploratório-descritivo, com uma amostra para pesquisa de 150 consumidores de vinhos do município de Lages/SC, que apresentam hábito de consumir regularmente vinhos, para os quais foram aplicados questionários, de Março a Julho de 2017. Com a realização do presente trabalho, foi possível realizar uma caracterização do consumidor de vinhos em Lages, sendo estas informações relevantes para estratégias de mercado, buscando o aumento da comercialização e consumo de vinhos. Observou-se um consumo regular de vinhos entre os consumidores entrevistados, sendo o vinho tinto o estilo mais consumido entre os entrevistados, tendo como principais fatores na escolha de um vinho o preço, a variedade da uva, o conselho de amigos e a promoção. A origem do vinho possui grande importância, sendo caracterizada principalmente pelo país de origem, região de origem e pela vinícola. Para os consumidores entrevistados, a indicação geográfica representa uma garantia de qualidade, e garantia do local e método de elaboração, estando os consumidores dispostos a pagarem um valor superior por um vinho que possua uma indicação geográfica.     

Abstract

Profile of wine consumers in Lages – Santa Catarina State

It is important to identify and define different buyer profiles and then establish bid strategies that are compatible with these different profiles. In this context, market segmentation is one of the main applications. The objective of this paper is to analyze the profile of consumers of wines and sparkling wines, in Lages, Santa Catarina. The present work has an exploratory and descriptive character, which has as research sample 150 wine consumers from Lages / SC, who have a habit of regularly consuming wines. The questionnaires were applied from March to July 2017. With the realization of this work it was possible to characterize the wine consumer in Lages, and this information is relevant to market strategies, seeking to increase the marketing and consumption of wines. There was a regular consumption of wines among the interviewed consumers, with red wine being the most consumed style among consumers, having as main factors in choosing a wine the price, grape variety, advice from friends and promotion. The origin of the wine has great importance, being characterized mainly by the country of origin, region of origin and the winery. For consumers interviewed, the geographical indication is a guarantee of quality, and a guarantee of the place and method of preparation, and consumers are willing to pay a higher price for a wine that has a geographical indication.

Key words: Red wine. Geographical indication. Market research. Wine marketing.

 

Resumen

Perfil de los consumidores de vino en Lages - Santa Catarina.

Es importante identificar y definir los perfiles de compradores para, después, establecer estrategias de ofertas compatibles con estos diferentes perfiles. En este contexto, la segmentación del mercado es una de las principales aplicaciones. El objetivo de este trabajo es realizar un análisis sobre el perfil de los consumidores de vinos y espumantes, en Lages, Santa Catarina. El presente trabajo tiene un carácter exploratorio-descriptivo, en el que la muestra de la investigación fueron 150 consumidores de vino del municipio de Lages / SC, que tienen la costumbre de consumir vinos habitualmente. Se aplicaron los cuestionarios de marzo a julio de 2017. Con la realización de este trabajo se logró caracterizar al consumidor de vino en Lages, siendo esta información relevante para las estrategias de mercado, buscando incrementar la comercialización y consumo de vinos. Se observó un consumo regular de vinos entre los consumidores entrevistados, siendo el vino tinto el estilo más consumido entre los entrevistados, teniendo como principales factores en la elección de un vino el precio, la variedad de uva, los consejos de los amigos y promoción. El origen del vino es de gran importancia, caracterizándose principalmente por el país de origen, la región de origen y la bodega. Para los consumidores entrevistados, la indicación geográfica representa una garantía de calidad y una garantía del lugar y método de elaboración, estando los consumidores dispuestos a pagar un precio más elevado por un vino que tiene indicación geográfica.

Palavras clave: Vino tinto. Indicación geográfica. Estudio de mercado. Comercialización del vino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Douglas André Würz, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

http://lattes.cnpq.br/5755190100264780

Marcus Vinícius Pereira Outemane, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

http://lattes.cnpq.br/8273411727829360

Referências

CASTRO, A. M. G. Análise diagnóstica de cadeias produtivas. In: HOEFLICH, V.; CASTRO, A. M. G.; LIMA, S. V. Curso de especialização em engenharia da produção: gestão rural e agroindustrial: módulo 2: cadeias produtivas. Florianópolis: UFSC/SENAR, 2000.

COMISSÃO EUROPÉIA DE COMÉRCIO. Direção Geral da Agricultura. Política de qualidade. 1999. Disponível em: <http://europa.eu.int/comm/dg06/qual/pt/pourq_pt.html>. Acesso em: 05 jan 2020.

COPELLO, M. Brasil, mercado em ebulição. Revista Vinhos do Brasil. Rio de Janeiro. p. 34-37. 2015.

ENGEL, J. F.; BLACKWELL, R. D.; MINIARD, P. W. Consumer behaviour. 8. ed. FortWorth: The Dryden, 1995.

GLASS, R. F.; CASTRO, A. M. As indicações geográficas como estratégia mercadológica no mercado de vinhos do Distrito Federa. Organizações Rurais & Agroindústrias, v. 10, n. 2, p. 189-202, 2008.

MATTAR, F. N. Pesquisa de marketing. São Paulo: Atlas, 1996.

MELLO, L. M. R. Vitivinicultura Brasileira: panorama 2013. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2014.

MELLO, L. M. R. Vitivinicultura Brasileira: panorama 2012. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2013.

SOLOMON, M. R. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.

TONIETTO, J.; FALCADE, I. Vinhos regionais: regulamentação no Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 10. p. 153-157. Anais... Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2003.

WURZ, D. A.; MARCON FILHO, J. L.; ALLEBRANDT, R.; RUFATO, L. Ações do Laboratório de Viticultura e Enologia da UDESC Lages no desenvolvimento da vitivinicultura de altitude de Santa Catarina. Revista Caminho Aberto, v. 4, n. 7, p. 13-20, 2017.

WURZ, D. A. Análise da Comercialização de Vinhos Finos e de Mesa no Brasil. Journal of Agronomical Science, v. 7, n. especial, p. 43-49, 2018.

WURZ, D. A. Treinamento e qualificação sobre vinhos e espumantes. Revista Caminho Aberto, v. 6, n. 11, p. 53-56, 2019.

Publicado
2021-04-26
Como Citar
Würz, D. A., & Outemane, M. V. P. (2021). Perfil do consumidor de vinhos em Lages – Santa Catarina . Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 7(1), 103-110. https://doi.org/10.21674/2448-0479.71.103-110
Seção
ARTIGOS INÉDITOS

Most read articles by the same author(s)