As seis fases da gestão por processos: proposta de um método

  • Bernardo Dias MACHADO Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Jorge Estuardo Tello GAMARRA Universidade Federal do Rio Grande
  • Denise Lindstrom BANDEIRA Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Cláudio José MULLER Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Carla Beatriz da Luz PERALTA Universidade Federal do Pampa
Palavras-chave: processos, gestão por processos, fases do BPM

Resumo

Métodos voltados à gestão por processos têm sido importantes ferramentas para melhorar o desempenho operacional. Contudo, apesar dos aportes destes métodos, maiores avanços ainda são necessários. O presente artigo tem como objetivo apresentar um método para a gestão por processos, contendo seis fases: conhecimento da organização, seleção do processo, mapeamento do processo, análise do processo, estabelecimento de mudanças e implementação e monitoramento do processo. Para poder analisar a utilidade desta proposta, foi realizado um estudo de caso em uma farmácia de manipulação. Os resultados obtidos nesse estudo de caso permitiram a redução de 23% no tempo de ciclo do produto e de 30% no tempo gasto para a produção de uma unidade, resultando em um aumento de produtividade em torno de 31%. No que diz respeito à empresa, a aplicação do método proporcionou evolução organizacional, pois houve a efetivação da aplicação do método no contexto da empresa, aprendizagem dos conceitos sobre a gestão por processo e por fatores como: o conhecimento por parte da empresa sobre a nova forma de gerenciamento, a conscientização por parte dos colaboradores envolvidos com o projeto e da alta direção a respeito da necessidade dessa mudança e o empenho dos mesmos na busca de informações relevantes para a tomada de decisão sobre as mudanças.

Referências

ALBUQUERQUE, A.; ROCHA, P. Sincronismo organizacional: como alinhar a estratégia, os processos e as pessoas. São Paulo: Saraiva, 2007.

ALMEIDA, L.L.P. A gestão orientada a processos aplicada a uma indústria da moda, 2010. (Dissertação de Mestrado). Faculdade de Economia e Finanças IBMEC, Rio de Janeiro, 2010.

ANDRADE, M.M. Introdução à metodologia do trabalho científico (10. ed.). São Paulo: Atlas, 2010.

ARAÚJO, LCG. Organização, sistemas e métodos e as tecnologias de gestão organizacional (4. ed.). São Paulo: Atlas, 2012.

BALDAM, R.; VALLE, R.; PEREIRA, H.; HILST, S.; ABREU, M.; SOBRAL, V. Gerenciamento de processos de negócio: BPM business process management (2. ed.). São Paulo: Érica, 2007.

CAMPOS, E. R. Metodologia de Gestão por processos. Campinas: UNICAMP, 2003. Disponível em: < http://www.prdu.unicamp.br/gestao_por_processos/gestao_processos.html > Acesso em: 27 de nov. de 2017.

COLENGHI, V. M. O&M e qualidade total: uma integração perfeita. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1997.

DAMIJ, N.; DAMIJ, T.; GRAD, J.; JELENC, F. A methodology for business process improvement and IS development. Information and Software Technology, v. 50, n. 11, p. 1127-1141, 2008.

DAVENPORT, T.H. Process innovation: reengineering work through information technology. Boston: Harvard Business School Press, 1993.

DE SORDI, J.O. Gestão por processos: uma abordagem da moderna administração. (2. ed.). São Paulo: Saraiva, 2008.

DE SORDI, J.O.; MEDEIROS JÚNIOR, G. Abordagem sistêmica para integração entre sistemas de informação e sua importância à gestão da operação: análise do caso GVT. Gestão & Produção, v. 13, n. 1, p. 105-116, 2006.

ELZINGA, D.J.; HORAK, T.; LEE, C.Y.; BRUNER, C. Business process management: survey and methodology. IEEE Transactions on Engineering Management, v. 42, n. 2, p. 119-128, 1995.

GONÇALVES, J.E.L. Processo, que processo? RAE – Revista de Administração de Empresas, v. 40, n. 4, 2000.

GUHA, S.; KETTINGER, W.J. Business process reengineering: building a comprehensive methodology. Information Systems Management, v. 10, n. 3, p. 13-22, 1993.

HAMMER, M.A. Empresa voltada para processos. Revista HSM Management, n. 9, ano 2, 1998.

HAMMER, M.; STANTON, S. How process enterprises really work. Harvard Business Review, v. 77, n. 6, p. 108-118, 1999.

HARRINGTON, H. J. Business process improvement. New York: McGraw Hill, 1991.

IDEN, J. Investigating process management in firms with quality systems: a multi-case study. Business Process Management Journal, v.18, n. 1, p. 104-121, 2012.

JACOBS, G.; KIPPER, L.M.; ELLWANGER, M.C.; FROZZA, R.; NARA, E.O.B. Por onde começar a gestão por processos? uma análise sobre metodologias. In Anais do XVI Simpósio de Engenharia de Produção, Botucatu: UNESP, 2009.

LADEIRA, M.B.; RESENDE, P.T.V.; OLIVEIRA, M.P.V.; MC CORMACK, K.; SOUSA, P.R.; FERREIRA, R.L. Gestão de processos, indicadores analíticos e impactos dobre o desempenho competitivo em grandes e médias empresas brasileiras dos setores da indústria e serviços. Gestão & Produção, v. 19, n.2, p. 389-404, 2012.

MARANHÃO, M.; MACIEIRA, M.E.B. O Processo nosso de cada dia: modelagem de processos de trabalho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

MARCONI, M.A; LAKATOS, E.M. Fundamentos de metodologia científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MARRELLI, A.F. The performance technologist's toolbox process mapping. Performance Improvement. v. 44 n. 5, p. 40-44, 2005.

MINTZBERG, H.; AHLSTRAND, B.; LAMPEL, J. Strategy safari: the complete guide through the wilds of strategic management. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

PORTER, M.E. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. Rio de Janeiro: Campus, 1989.

PORTER, M. E. What is strategy? Harvard Business Review, nov./dez, p. 61-78, 1996.

RECKER, J.; MENDLING, J. The State of the Art of Business Process Management Research as Published in the BPM Conference. Bus Inf Syst Eng v. 58, n. 1, p. 55–72, 2016.

RUMMLER, G.A.; BRACHE, A.P. Melhores desempenhos das empresas: uma abordagem prática para transformar a organização através da reengenharia. 2. ed. São Paulo: Makron Books, 1994.

PUNDEK, G.N.B. Metodologia para implantação conjunta de gestão orientada a processo e ERP. 2004. (Dissertação de Mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2004.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R.; BETTS, A. Gerenciamento de operações e de processos: princípios e práticas de impacto estratégico. Porto Alegre: Bookman, 2008.

STORCH, L.A.; NARA, E.O.B.; KIPPER, L.M. The use of process management based on a systemic approach. International Journal of Productivity and Performance Management. v. 62, n. 7, 2013.

TRKMAN, P. The critical success factors of business process management. International Journal of Information Management, v. 30, n. 2, p. 125-134, 2010.

VAN DER AALST, W.M.P.; LA ROSA, M.; SANTORO, F.M. Business Process Management: Don’t Forget to Improve the Process! Bus Inf Syst Eng v. 58, n. 1, p. 1–6, 2016.

YIN, R.K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Publicado
2018-12-30
Como Citar
MACHADO, B. D., GAMARRA, J. E. T., BANDEIRA, D. L., MULLER, C. J., & PERALTA, C. B. da L. (2018). As seis fases da gestão por processos: proposta de um método. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 4(5), 651-668. https://doi.org/10.21674/2448-0479.45.651-668