Contribuições das ligas acadêmicas na formação médica brasileira

Palavras-chave: Ligas Acadêmicas, Extensão Universitária, Educação médica, Educação superior, Extensão universitária

Resumo

As ligas acadêmicas são organizações estudantis, com o foco em determinada área da graduação em medicina, com supervisão docente especialista no tema da liga, que realiza atividades de ensino pesquisa e extensão. O objetivo deste trabalho é descrever o estado da arte das contribuições das ligas acadêmicas na formação médica no brasil. Foi realizada uma revisão narrativa da literatura nas bases de dados SciELO e PUBMED. Os artigos encontrados puderam ser divididos em cinco grandes eixos temáticos. Verificou-se que as ligas acadêmicas contribuem no incentivo a docência, comunicação, aprendizagem em gestão, escolha da residência médica, conhecimento do mercado de trabalho e contato com a comunidade, não necessariamente levando a uma especialização precoce e indo de encontro aos determinantes sociais do processo saúde doença contribuindo na formação médica mais ética e reflexiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dione Fernandes Tavares, Universidade Federal da Bahia

Bacharel em Ciências da Saúde pela Universidade Federal da Bahia (2014). Acadêmico de Medicina da Universidade Federal da Bahia. Especialista em Informática da Saúde pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (2018). Especialização em andamento em Medicina do Tráfego pela Universidade Federal da Bahia. Mestrando em Medicina e Saúde pela Universidade Federal da Bahia. Membro Titular (Sênior) fundador e Ex-Presidente da Liga Acadêmica de Genética Médica - UFBA (2015 - 2017). Presidente da Associação Brasileira de Ligas Acadêmicas de Genética Médica - ABLAGEM (2016 - 2019). Atualmente é voluntário do Serviço de Genética Médica do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgar Santos - HUPES/UFBA, atuando como Monitor do Serviço de Informação sobre Agentes Teratogênicos. Sócio da Associação Brasileira de Educação Médica. Tem interesse em Atenção Primária a Saúde, Educação Médica, Genética Humana e Médica, Oncologia, Oncogenética e Saúde Coletiva.

Referências

FERREIRA, D.A.V.; ARANHA, R.N.; SOUZA, M.H.F.O. Academic Leagues: A Brazilian Way to Teach about Cancer in Medical Universities. BMC Medical Education, v. 15, n. 236, 2015.

HAMAMOTO FILHO, P.T. Ligas acadêmicas: motivações e críticas a propósito de um repensar necessário. Rev. Bras. Educ. Méd. v. 35, 535-43, 2011.

NOGUEIRA-MARTINS, M.C.F.; NOGUEIRA-MARTINS, L.A.; TURATO, E.R. Medical students' perceptions of their learning about the doctor-patient relationship: a qualitative study. Med Edu., v. 40, 322-8, 2006.

PÊGO-FERNANDES, P.M.; MARIANI, A.W. O ensino médico além da graduação: ligas acadêmicas. Diagn Tratamento, v. 16, n. 2, 50-51, 2011.

PERES, C.M.; ANDRADE, A.S.; GARCIA, S.B. Atividades Extracurriculares: multiplicidades de diferenciação necessárias ao curriculum. Rev. Bras. Educ. Méd., v. 31, n.3, 203-311, 2007.

PONTES, S.; TORREÃO, L. Influência da participação de estudantes em ligas acadêmicas na escolha da especialidade para o programa de residência médica da Bahia 2017. Revista De Medicina, v.98, n. 3, 160-167, 2019.

SALGADO FILHO, N. Ligas Acadêmicas: veículo de interação com a comunidade. Maranhão: Universidade Federal do Maranhão (UFMA), 2007.

SANTANA ACDA. Ligas acadêmicas estudantis. O mérito e a Realidade. Medicina (Ribeirão Preto), v. 45, n. 1, 96-98, 2012.

SILVA, S.A.; FLORES, O. Ligas Acadêmicas no Processo de Formação dos Estudantes. Rev. Bras. Educ. Méd., v.39, n.3, 410-417, 2015.

SILVA, Jorge Henrique Santos da et al. Implantação de uma Liga Acadêmica de Anatomia: Desafios e Conquistas. Rev. Bras. Educ. Méd., v. 39, n. 2, 310-315, 2015.

SOUZA, L.C.L.; MENDONÇA, V.R.R.; GARCIA, G.B.C.; BRANDÃO, E.C.; BARRAL-NETTO, M. Medical specialty choice and related factors of Brazilian medical students and recent doctors. PLoS One, v.10, n.7, e0133585, 2015.

TORRES, A.R.; OLIVEIRA, G.M.; YAMAMOTO, F.M.; LIMA, M.C.P. Ligas Acadêmicas e formação médica: contribuições e desafios. Interface Comun Saúde Educ. v.12, n.27, 713-720, 2008.

YANG, Gabriela Yea-Huey et al. Liga de Anatomia Aplicada (LAA): as Múltiplas Perspectivas sobre Participar de uma Liga Acadêmica. Rev. Bras. Educ. Méd., v. 43, n.1, 80-86, 2019.

Publicado
2020-11-10
Como Citar
Tavares, D. F., Antônio Vieira Andrade, M., & Rhangel Gomes Teixeira, T. (2020). Contribuições das ligas acadêmicas na formação médica brasileira. Revista Eletrônica Científica Da UERGS , 6(3), 289-292. https://doi.org/10.21674/2448-0479.63.289-292
Seção
ARTIGOS DE REVISÃO